Entre em contato:

Macaé(22) 2762-1223

RIO DE JANEIRO(21) 3590-5680 / 3590-5689

VITÓRIA(27) 3348-5637

CAMPOS DOS GOYTACAZES(22) 3026-6778

Informativo

14/05/2018 - Informativo

Cuidados na Saúde Bucal

A Organização Mundial da Saúde (OMS), já comprovou que o corpo humano trabalha com perfeição quando todos os seus órgãos estão em boas condições de saúde. E para que essa harmonia saia do eixo basta que um órgão esteja em defasagem, ou seja, em más condições de seu funcionamento.

O que muitas pessoas não sabem é que a saúde bucal é importantíssima, pois se deixada de lado, fungos e bactérias podem se proliferar e acabar por atingindo outros órgãos e suas funções, trazendo doenças sérias.

 

Problemas Graves

A falta de higiene e descuido com a saúde da boca e dos dentes acarretam vários problemas. Dentre eles, o mais comum, a cárie, que é um fator de deterioração dos dentes. Dificuldades na mastigação, dores de dente, incomodo e até a perda dos mesmos são características básicas do que uma cárie pode causar se uma pessoa se descuidar da higiene e dos cuidados com o órgão oral.

Diversas doenças mais sérias podem ser causadas por infecções que começam na boca, afetando todo o organismo humano, e órgãos como o pulmão ou até mesmo o coração.

A falta ou forma incorreta da escovação dos dentes gera um enorme número de bactérias, podendo até desencadear a endocardite, que é uma doença que afeta as válvulas cardíacas do coração, e uma de suas causas está relacionada às bactérias e fungos formados no órgão oral, que passam a se multiplicar em grande escala em outros órgãos.

 

Com Higiene e Sem Problemas

Uma boa higiene acompanhada de hálito puro e sorriso saudável são quesitos básicos para manter a saúde deste órgão tão importante para o corpo humano. Afinal, é com ele que nos alimentamos e nos comunicamos.

Para que isso ocorra da melhor maneira possível, é preciso deixar os dentes sempre limpos e sem resíduos alimentares, evitando odores e possíveis incômodos na gengiva. Cuidados diários e básicos são a melhor saída para evitar maiores desconfortos na cadeira do dentista, como, por exemplo:Escovar corretamente os dentes, usando sempre o fio dental para auxiliar no melhor resultado;

 

Ter uma boa alimentação, evitando gorduras e doces em excesso, mas quando ingeridos escovar os dentes após a refeição;

 

Trocar regularmente a escova de dente e não emprestar de outras pessoas;

 

Sempre fazer a higiene bucal depois de todas as refeições;

 

Beber muita água para hidratar não somente a boca, mas todo o organismo.

 

Além de todas essas dicas básicas, é imprescindível que se tenha uma rotina onde, pelo ao menos uma vez ao ano comparecer ao dentista. Checar se está tudo bem, fazer uma limpeza profissional e sanar possíveis problemas eventuais, para que estes não venham a ser uma doença mais séria no futuro.

Fonte: IPED

Compartilhe: